MINIST√ČRIO DA CULTURA, PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO AND SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA PRESENT

COME AND EXPERIENCE
MANY STORIES.

news

Pais levam filhos pequenos à Bienal do Livro para estimular leitura

09/09/2015 em via G1 - Globo

Compartilhe:


Caminhando pelos corredores do Riocentro, é possível perceber um público numeroso, porém inusitado, na Bienal do Livro do Rio: crianças com cinco anos de idade ou menos, que ainda não foram alfabetizadas. Mesmo dependendo de adultos para entender o conteúdo das histórias, eles já se encantam com as ilustrações e brincadeiras relacionadas ao universo dos livros.

O espaço Bamboleio é o ponto de encontro dos pequenos. No meio das cabines com trava-línguas e contação de histórias, animadas por artistas circenses, eles se divertem e começam a ter interesse pelo universo das letras.

A recreadora infantil Gláucia Mouzinho chamava a atenção por levar um carrinho para carregar todos os livros que comprou. Na outra mão, conduzia Malu, de 4 anos, sua sobrinha. Ela levou a menina à Bienal enquanto a irmã, mãe de Malu, ficou com seu bebê em casa.

“Eu acho importante a criança entrar desde cedo em contato com a literatura, porque você abre o mundo da imaginação para ela, ainda mais diante de uma realidade tão dura como a que vivemos”, afirma Gláucia, que se orgulha de poder levar a sobrinha ao evento.

O funcionário público Bruno Maia e a enfermeira Jéssica Costa são pais de Gabriel, de 5 anos, que já aprende as primeiras letras, e Bernardo, que ainda não sabe ler. Eles acreditam que a formação cultural da criança acontece antes delas serem alfabetizadas.

“Estamos mostrando a qualidade da cultura desde já, que sabemos que vai melhorar a qualidade do aprendizado”, conta Bruno.

Jéssica completa mostrando os livros que estavam levando. “Compramos livros de histórias que lemos para eles. A leitura é importante desde já”, destaca a enfermeira.

As amigas Thaís Salu e Renata Lis foram ao Riocentro com os filhos, que ainda são bebês. O filho da bancária Thaís, Nicolas, de 1 ano e 3 meses, já tem alguns livrinhos para chamar de seus. “Eu comprei para já estimular o gosto pela leitura”.

Já Renata, mãe de Samuel, de 1 ano e 4 meses, que é professora, conta que levou o filho para a Bienal com o mesmo objetivo. No entanto, ela critica a falta de estrutura para as crianças. “Não há muita estrutura para os bebês. No caso deles, que não comem a comida da praça de alimentação, há dificuldade para esquentar a comida. Ninguém quer emprestar o micro-ondas”.

Apesar das dificuldades estruturais, ela lembra qual é a importância da visita. “Eu trouxe para estimular desde cedo”, conta Renata.

O espaço Bamboleio tem como objetivo fazer com que as crianças participem de brincadeiras que também mostrem as culturas de outros países, para que desde cedo saibam conviver com as diferenças e se tornem adultos mais tolerantes.



Use the #EUAMOLER and #BIENALRIO hashtags and share your love for reading.

SPONSOR
entre letras sponsorship
LITERARY CAF√Č OFFICIAL PAPER
OFFICIAL SECURITY
e-commerce
CULTURAL SUPPORT
SUPPORT
digital area support
OFICIAL TRANSPORTATION
media partner
UNIVERSITY SUPPORT
REALIZATION
AGENTS & BUSINESS CENTER
ORGANIZED AND PROMOTED BY
INFORMATION, QUESTIONS AND
CUSTOMER SERVICE:

+55 21 2441-9348
Working hours: 13:00 to 19:00
contato@bienaldolivro.com.br
PRESS:
Approach Comunicação Integrada
21 3461-4616 - Ramal 133
Adriane Constante
bienal@approach.com.br
ADDRESS
Rua Salvador Allende 6.555
Barra da Tijuca · RJ
22783-127 · Brazil