MINISTÉRIO DA CULTURA, PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA APRESENTAM

VENHA VIVER
MUITAS HISTÓRIAS.

notícias

Escritores da Zona Oeste vão levar suas obras à 18ª edição da Bienal do Livro

04/09/2017 via Extra

Compartilhe:



Ernesto Xavier, de 33 anos, vai à Bienal do Livro desde 1993. O morador de Sepetiba costumava enfrentar filas para conhecer os autores, perseguir Ziraldo e Maurício de Souza e se inspirar nas páginas espalhadas pelos corredores do Riocentro. Este ano, na 18ª edição do evento, pela primeira vez, ele entrará do outro lado da mesa. Autor do livro “Senti na pele”, participará do debate “Narrativas populares em um Rio de espetáculos”.

Ele é um dentre as dezenas de autores na Zona Oeste. Em Realengo, Bruno Black, de 36, sonhou tanto em entrar no evento para lançar o livro que jogou o emprego fixo para o alto. Ele trabalhava de office-boy e, com o dinheiro do FGTS, investiu na carreira de escritor. As poesias que saltavam de sua mente desde a adolescência deram vida a seis obras publicadas.

Um deles, a segunda edição do “Perdas e ganhos”, estará na Bienal. Além de dar autógrafo, Bruno faz questão de tirar uma selfie e declamar uma poesia para seus leitores.

— Os versos são para pessoas sensíveis e que querem refletir sobre o amor e as perdas — lembra Bruno.

Enquanto ele tem duas bienais no Rio no currículo, sua amiga Elaine Marcelina, de 43, já participa da edição carioca do evento desde 2008. Apesar da experiência, ainda aguarda com ansiedade o dia dos autógrafos. Ela vai lançar o livro “Mulheres incríveis” e o infantil “As coisas simples da vida”.

O primeiro conta a história de 12 mulheres negras, entre elas Zezé Motta e Mãe Beata de Iemanjá.

— Sempre vi a luta da minha mãe, uma doméstica, para criar os filhos. Queria mostrar histórias de mulheres como ela — conta.

Elaine está participando ainda da antologia “Mulheres reais — Evolução do belo”, organizada por Jana de Souza, de 40, Kátia Pires Chagas, de 57, e Vera Lúcia Alves de Oliveira, de 53. A obra tem como objetivo valorizar as mulheres.

— Como uma colcha de retalhos, reunimos todas para mostrar o que cada uma tem de melhor — ressalta Kátia.

A Bienal acontece até o dia 10 de setembro no Riocentro.

Programação:

Dia 08/09: 10h - Lançamento de “As coisas simples da vida”, com atividade interativa / 14h30 - Ernesto Xavier participa de debate no estande 20, Pavilhão Azul. / 18h - Elaine Marcelina participa do debate “Movimento de mulheres negras no Rio” / 20h - Sarau “Negras incríveis e em movimento”

Dia 09/09: 18h - Lançamento com autógrafo do livro “Perdas e ganhos”, de Bruno Black, no estande da Litteres Editora / 19h30 - Lançamento de “Mulheres reais”, no estande da Litteres Editora.



Use as tags #EUAMOLER e #BIENALRIO e compartilhe seu amor pela leitura.

patrocinador
patrocinador entreletras
patrocinador café literário e papel oficial
patrocinador segurança oficial
patrocinador e-commerce
apoio cultural
apoio
apoio espaço digital
transporte oficial
parceiro de mídia
APOIO ENSINO SUPERIOR
REALIZAÇÃO
AGENTS & BUSINESS CENTER
realização
INFORMAÇÕES, DÚVIDAS E SAC:
+55 21 3094-5676
Atendimento: 13h às 19h
contato@bienaldolivro.com.br
ASSESSORIA DE IMPRENSA:
Approach Comunicação Integrada
21 3461-4616 - Ramal 133
Adriane Constante
bienal@approach.com.br
endereço
Rua Salvador Allende 6.555
Barra da Tijuca · RJ
22783-127 · Brasil