Releases

nome Voltar

Fórum de Educação: Microsoft apresenta ferramentas gratuitas para inovar o trabalho em sala
de aula

A prática pedagógica nas escolas, tradicionalmente, tem como alvo o conjunto dos estudantes. Com estratégias mais rígidas, os professores não conseguem adaptar as tarefas a alunos com deficiência ou outros que tenham algum tipo de dificuldade para acompanhar o restante da turma.

Uma das tendências, no entanto, é que a evolução da tecnologia educacional ajude a reverter esse cenário. A Microsoft, por exemplo, há muito tem direcionado suas atenções para o desenvolvimento de ferramentas pedagógicas digitais, que permitam ao professor trabalhar tanto para o conjunto da turma, como para alunos com demandas específicas.

“Cada escola tem pessoas, compreensões e mundos diferentes. E isso precisa estar contemplado no modelo pedagógico no qual ela pretende trabalhar” destacou Vera Cabral, diretora de Educação da Microsoft no Brasil, no Fórum de Educação da Bienal do Livro 2019, apresentado pela marca.

No painel que abriu o Fórum, Vera Cabral apresentou ferramentas gratuitas para uso nas escolas como o One Note, um editor que permite adaptar textos de qualquer origem em formatos adequados para alunos com autismo, baixa visão, dislexia e outras necessidades educacionais específicas.

Com a ferramenta, o professor pode, de forma rápida e simples, mudar a cor da fonte e do fundo de um texto, aumentar o tamanho das letras, sinalizar os adjetivos e subjetivos, aumentar o espaçamento entre as linhas, realizar a separação das sílabas, entre outras ações.

A Microsoft também já desenvolveu teclados específicos para alunos com deficiência. Compatíveis com o Windows, eles têm teclas com marcações em braile, para uso por deficientes visuais. Outra opção de programa gratuito da Microsoft, o Teams cria uma espécie de rede social, para troca de informações e materiais relacionados às atividades de sala de aula. O alcance é controlado para evitar a dispersão das atenções da turma e facilitar a interação entre professores e alunos. A Microsoft tem buscado investir também no desenvolvimento de ferramentas capazes de analisar imagens com uso de Inteligência Artificial. Essa tendência, por sinal, abre um leque de possibilidades para os educadores por viabilizarem uma classificação automática das imagens.

Da mesma forma que um software será capaz de identificar, em uma foto, se a pessoa fotografada usa óculos ou veste vermelho, poderá também buscar imagens na internet com características adequadas para uso de pessoas com baixa visão, por exemplo. Isto pode representar uma alternativa à produção de materiais pedagógicos específicos, nem sempre acessíveis às instituições de ensino por conta do alto custo.

Os desafios para as escolas, no entanto, vão além da inclusão de pessoas com deficiência. As transformações no campo da Tecnologia da Informação devem exigir, no curto prazo, uma série de habilidades, para as quais a atual geração ainda não está preparada. Estudos mostram, segundo Vera Cabral, que 65% dos estudantes de hoje realizarão trabalhos ainda não inventados. Em contrapartida, 47% dos empregos atuais tendem a desaparecer.

Como resposta a esse cenário, a Microsoft desenvolveu uma plataforma de cursos gratuitos, com formação em áreas como Inteligência Artificial, Ciência de Dados e Machine Learning. Essas estão entre as mais promissoras para os próximos anos no setor de TI. Para se ter uma ideia do tamanho desse mercado, estima-se que 66% da demanda por profissionais nesse segmento, no mundo, ainda não seja atendida.

Nesse cenário de transformação, segundo Vera Cabral, as atenções da Microsoft têm sido voltadas tanto para facilitar o acesso à leitura para todos os públicos, como para incluir os jovens nos novos paradigmas do mundo profissional. “É fundamental desenvolver habilidades e qualificar as pessoas para uma imersão produtiva no mundo do trabalho, seja ele qual for.”

Outros Releases

05/09/2019

Fórum de Educação: Microsoft apresenta ferramentas gratuitas para inovar o trabalho em sala de aula

Apresenta
Patrocinador Master
Patrocínio E-commerce
Patrocínio Café Literário
Patrocínio Segurança Oficial
Patrocínio Praça Leitura
Patrocínio Cultural
Apoio
Apoio Cultural
Patrocínio
Patrocínio Tecnologia Oficial
Parceiro de Mídia
Realização